Slide
decir.png
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow

 

O Serviço Regional de Proteção Civil, IP-RAM pretende dar continuidade às formações, na área de suporte básico de vida, pois reconhece o empenho e o papel fundamental detido pelos Agentes de Proteção Civil, constituindo-se um elo crucial no apoio à população.
Assim e em paralelo com as formações planeadas e asseguradas para os Corpos de Bombeiros da RAM, o Serviço Regional de Proteção Civil, IP-RAM implementou através da Divisão de Formação, nos dias 25 e 27 de junho, 2 cursos de Suporte Básico de Vida com Desfibrilhação Automática Externa para a 12 militares da Autoridade Marítima e 12 militares da Zona Militar da Madeira, dotando-os com competências que permitam executar corretamente as manobras de suporte básico de vida com utilização de um DAE numa vítima em situação de paragem cardiorrespiratória.
Na Região Autónoma da Madeira, são registadas cerca de 200 paragens cardiorrespiratórias por ano, e a rapidez de atuação é de primordial importância, aumentando a probabilidade de sucesso, uma vez que, por cada minuto que passa, após o colapso cárdio-circulatório, diminui em 7 a 10% a probabilidade de sobrevivência, na ausência de manobras de ressuscitação.
A formação implementada foi promovida pelo Serviço Regional de Proteção Civil, IP-RAM através da Divisão de Formação, acreditada pelo INEM e cofinanciada pelo Fundo Social Europeu através do Programa MADEIRA 20-30.
Utilização de Cookies

Este website utiliza cookies para gerir a autenticação, navegação e outras funções.

Ao continuar a utilizar o website concorda com a colocação deste tipo de cookies no seu dispositivo e com os termos da nossa Política de Privacidade.