•  

     

     

    Afirmar o SRPC,IP-RAM como serviço de Proteção Civil

    Moderno, Eficiente, Eficaz e Participativo.

     

     

     

     

    Esta visão é sustentada pelos objetivos de:

     

     

    1. Aumentar a cultura de Proteção Civil da População da RAM;
    2. Reforçar as capacidades de Comando, Controle e Comunicações das ações de Proteção Civil;
    3. Prestar socorro eficaz e eficiente em todas as suas dimensões adequado à RAM;
    4. Reforçar a capacidade de prevenção e preparação da população e dos agentes de proteção civil através do fortalecimento da formação, sensibilização, articulação e coordenação.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  • 17 de Fevereiro de 1982

    Criação do Serviço Regional de Protecção Civil da Madeira, na dependência directa da Presidência do Governo Regional.

     

     

    9 Novembro de 1988

    Criação da Secretaria Regional da Administração Pública e integração do Serviço Regional de Protecção Civil no âmbito da referida Secretaria.

     

     

    8 de Junho de 1990

    É fixada a área de intervenção do Serviço Regional de Protecção Civil, definida a sua estrutura interna, forma de funcionamento e respectivo regime e quadro de pessoal.

     

     

    Em finais de 1992

    A tutela do Serviço Regional de Protecção Civil e da Inspecção de Bombeiros passa para a Secretaria Regional dos Assuntos Sociais.

     

     

    10 de Maio de 1995

    É criada a Divisão de Análise de Riscos Tecnológicos, face à competência que o SRPC passou a ter na emissão de pareceres, análise e aprovação de projectos de segurança contra incêndios e execução de vistorias em empreendimentos turísticos, espaços comerciais e edifícios para habitação.

     

     

    4 de Dezembro de 1996

    É criada a Secretaria Regional dos Assuntos Sociais e Parlamentares, integrando nesta os sectores que cabiam à Secretaria Regional dos Assuntos Sociais.

     

     

    7 de Setembro de 1998

    É criada a Equipa Médica de Intervenção Rápida (EMIR) para intervenção no âmbito da emergência pré-hospitalar, com carácter permanente, em toda a Região.

     

     

    30 de Março de 2006

    É criado o Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros da Madeira, integrando neste todos os sectores que pertenciam ao Serviço Regional de Protecção Civil da Madeira, configurando-se como estrutura central de coordenação de protecção civil e do socorro, incluindo o de emergência médica pré-hospitalar.

     

     

    30 de Junho de 2009

    É criado o Serviço Regional de Protecção Civil, IP-RAM e aprovado o Regime Jurídico do Sistema de Protecção Civil da Região Autónoma da Madeira.

     

     

    26 de Maio de 2010

    É alterada a orgânica do Serviço Regional de Protecção Civil, IP-RAM.

     

     

    29 de Novembro de 2010

    São aprovados os Estatutos do Serviço Regional de Protecção Civil, IP-RAM.

     

     

    17 de Março de 2011

    É aprovado o normativo de funcionamento da Comissão Regional de Proteção Civil.

     

     

    17 de Maio de 2012

    É aprovado o regulamento de Funcionamento do Centro de Coordenação Operacional Regional.

     

     

    15 de Julho de 2013

    Inauguração do NIFORMAR - Núcleo de Instalações do Serviço Regional de Proteção Civil, IP-RAM.

     

     

    20 de Outubro de 2014

    Inauguração dos Cenários de Formação destinados à ação formativa do Centro de Formação de Proteção Civil e Bombeiros.

     

     

    3 de Setembro de 2015

    Aprovado o novo Plano Regional de Emergência de Proteção Civil da RAM.

     

     

     

     

     

     

  • O SRPC, IP -RAM tem por missão prevenir os riscos inerentes a situações de acidente grave ou catástrofe, bem como resolver os efeitos decorrentes de tais situações, socorrendo pessoas e protegendo bens.

     

    São ainda atribuições genéricas do SRPC, IP –RAM orientar, coordenar e fiscalizar as actividades exercidas pelos corpos de bombeiros, bem como todas as actividades de protecção civil e socorro.